#PartiuJMJ: Divulgada a data da Jornada Mundial da Juventude de 2023

No último dia 4 de outubro, dia de São Francisco, a organização do evento divulgou as datas em que acontecerá o maior evento juvenil do mundo: de 1 a 6 de agosto de 2023!

959 mil minutos, mais de 15 mil horas, 665 dias. Quem aí já está na contagem regressiva para a JMJ Lisboa 2023? No último dia 4 de outubro, dia de São Francisco, a organização do evento divulgou as datas em que acontecerá o maior evento juvenil do mundo: de 1 a 6 de agosto de 2023!

De acordo com Dom Américo Aguiar, presidente da Fundação JMJ Lisboa 2023, a escolha da data leva em consideração a agenda do Papa, em primeiro lugar. A marcação propriamente dita tenta ir ao encontro de um calendário o mais livre possível em todos os continentes quanto às responsabilidades escolares e profissionais dos peregrinos. Nunca é a mais adequada para todos, mediante a diferença que existe entre o continente ou hemisfério em que os jovens se encontram, os calendários escolares e profissionais. Ainda assim, a organização do evento procurou que a escolha dos dias fosse a mais abrangente possível.

Divulgação

Em pleno verão europeu, que até lá, com fé em Deus, estaremos mais livres da pandemia de covid-19, o COL (Comitê Organizador Local) não estima um número de peregrinos que devam ir a Lisboa. Sobre isso, eles dizem o seguinte:

“Desejamos que todos conheçam a JMJ e se sintam convidados a participar. Mais do que estimar o número de participantes, nesta fase gostávamos* que a mensagem da jornada chegasse ao maior número de jovens possível.

A JMJ é para todos. É um convite sempre renovado a uma experiência maior da fraternidade universal a que o Papa Francisco nos desafia e de que tanto necessitamos atualmente”.

É importante destacar a preparação até 2023 – a JMJ já acontece nas 21 dioceses portuguesas que receberão as “Semanas Missionárias” ou “Pré-jornadas”.

“Esperamos que os 22 meses que nos conduzirão à JMJ sejam um tempo de evangelização para todos”, considera Dom Manuel Clemente, Cardeal-Patriarca de Lisboa. “Agradecemos, também uma vez mais, a todos os que se têm disponibilizado para ajudar e para construir este grande sonho que é a JMJ Lisboa 2023”.

Notícias Relacionadas